Ministros da Agricultura do Brasil e da Rússia assinam acordo de importação de trigo

Publicado em 20/02/2013 16:27 366 exibições
O pacto foi feito nesta quarta-feira durante assinaturas de atos de cooperação entre os países
Foi assinado hoje (20) acordo que autoriza a exportação de trigo da Rússia para o Brasil, pelo ministro da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, Mendes Ribeiro Filho, e pelo ministro da Agricultura da Federação Russa, Nikolay Fedorov. O ato ocorreu durante a 6ª Reunião da Comissão de Alto Nível de Cooperação Rússia-Brasil no Itamaraty.

No encontro, foram apresentados às autoridades russas, os critérios fitossanitários para a venda de trigo russo ao Brasil. Segundo o secretário de Relações Internacionais do Mapa, Célio Porto, o interesse daquele país em exportar o trigo para o Brasil foi manifestado nas últimas reuniões bilaterais. “A Rússia é uma grande produtora e exportadora de trigo e havia interesse por parte deles em exportar o trigo para o Brasil. O acordo já foi assinado, não há nenhum impedimento”, disse ao lembrar que as autoridades russas alertaram que houve quebra de safra este ano e não teriam competitividade para exportar para o Brasil. “Mas a intenção é que iniciem o comércio em breve”, ressaltou.

A cerimônia de assinatura de atos de cooperação entre os dois países foi presidida pelo vice-presidente da República, Michel Temer, e pelo primeiro-ministro da Rússia, Dmitri Medvedev. Dentre outros assuntos, a reunião tratou as principais questões que envolvem as relações agrícolas. Medvedev falou da importância dos acordos entre o Brasil e a Rússia, principalmente nessa área. “O Brasil é nosso maior parceiro na América latina, um dos maiores fornecedores de produtos agrícolas para Rússia, apesar do nosso país também ser um país agrícola”, disse.

O ministro Mendes Ribeiro filho se colocou à disposição para o relacionamento com a Rússia. “Quero unir esforços com o governo para fortalecermos os laços de amizade e cooperação nas relações de investimentos e comércio com a Rússia”, ressaltou o titular da pasta.

Foram tratados ainda, assuntos relativos ao comércio de carne bovina e suína. O vice-presidente destacou que houve no passado um problema de questão fitossanitária em relação à carne suína e que o assunto vem sendo discutido. “As reuniões do ministro Mendes com as autoridades russas têm sido muito positivas e em breve será resolvido”, informou Temer.

Além dos temas relativos à agricultura, foram assinados outros acordos de cooperação bilateral, como a inclusão da Rússia no Programa Ciência sem Fronteiras, a criação do Grupo de Trabalho Brasil-Rússia sobre Temas Esportivos, a instalação de uma central quântico-ótica (EQO) na Universidade de Brasília (UnB), a cooperação nas negociações para a compra de baterias antiaéreas, com o desenvolvimento conjunto de novos produtos de defesa e o desenvolvimento de pequenas e médias empresas.
Tags:
Fonte:
Mapa

0 comentário