Geller se reúne com o setor de arrozeiros para avaliar os leilões de venda de estoque público do produto

Publicado em 08/08/2013 08:24
323 exibições

Com o objetivo de avaliar os leilões de venda de estoque público de arroz, o secretário de Política Agrícola do Ministério da Agricultura Pecuária e Abastecimento (Mapa), Neri Geller, se reuniu com o setor nesta quarta-feira, 7 de agosto, em Brasília para discutir sobre o assunto.

Já foi realizado o primeiro leilão de venda de arroz, no qual o governo ofertou 50 mil toneladas e vendeu 31.592 toneladas, 63% do total. Atento a alta dos preços de arroz o governo, segundo o secretário, continuará examinando o mercado e voltará a intervir quando o setor estiver neste patamar.

A intervenção do Governo na comercialização de produtos de origem agropecuária, no caso em questão o arroz, está sendo feita a partir da venda e definida por meio do Preço de Liberação de Estoques (PLE). Hoje o preço fixado é de R$ 33,28 por saco de 50 Kg dentro do PLE.

Para esta venda em questão, o Conselho Interministerial de Estoques Públicos (Ciep) está definindo as condições para a venda e a liberação de estoques públicos de alimentos.

Estiveram presentes além de produtores de arroz, representantes da Associação Brasileira da Indústria do Arroz (Abiarroz), do Sindicato da Indústria do arroz no estado do Rio Grande do Sul (Sindarroz), Federação das Associações de Arrozeiros do Estado do Rio Grande do Sul (Fedearroz), servidores da Companhia Nacional de Abastecimento (Conab) e também da equipe técnica da secretaria de política agrícola do Mapa.

Tags:
Fonte: Mapa

0 comentário