Cacau: Safra temporã na Bahia apresenta redução de 40% em relação à colheita de 2012

Publicado em 11/09/2013 14:16
300 exibições
Excesso de frutos adultos, remanescentes da safra principal 2012, influenciou, diretamente, na atual safra temporã

A previsão estipulada pela CEPLAC para a colheita da safra temporã 2013 girava em torno de 70 mil toneladas de cacau. Até o momento, registra-se uma colheita de 42 mil toneladas do fruto e estima-se que até o final de setembro, mês base do final da referida safra, a produção seja de 51 mil toneladas apenas. Uma queda de 40% em relação ao ano anterior.

Para o economista e técnico da CEPLAC, Lindolfo Pereira Filho, a queda da safra temporã para este ano de 2013, deve-se, primeiramente, ao excesso de frutos adultos remanescentes da safra principal 2012. Segundo o técnico, a colheita foi estendida até meados de fevereiro, coincidentemente, com o período de bilração. "As plantas ainda estavam bastante carregadas com frutos adultos o que prejudicou no desenvolvimento necessário para sustentar uma boa temporã " justificou. Além do desenvolvimento do bilro, as questões climáticas, também, foram cruciais na baixa produtividade neste ano de 2013.

As instabilidades do tempo com a forte estiagem registrada de outubro a dezembro e chuvas intensas em março favoreceram para a baixa intensidade de lançamento foliar e a incidência de pragas que provocou uma baixa intensidade de floração e frutificação nos pés de cacau. 

De acordo análise técnica da Ceplac, a safra temporã 2012 é considerada atípica e, por este motivo, não se deve levar como parâmetro para quantificar a produtividade do fruto no Estado. A safra temporã 2012 superou as expectativas do órgão e dos produtores de cacau que há 10 anos não colhia a demanda de 95 mil toneladas do fruto. 

O técnico explica que uns dos fatores que mais influenciaram na produtividade da safra temporã de 2012 foram às boas condições climáticas e a baixa incidência de praga que girou em torno de 5% durante todo o ano. 

A temporã 2013 se comparado à colheita dos últimos 15 anos, apesar da leve queda, se encontra dentro da média da produção colhida no Estado.  

 

Tags:
Fonte: Mercado do Cacau

0 comentário