Excesso de chuva atrasa plantio de trigo e produtores perdem a data ideal de instalação das lavouras

Publicado em 08/07/2014 13:37 325 exibições

Em apenas uma semana, boa parte do Rio Grande do Sul já registrou acumulados de chuva acima do esperado para todo o mês. O excesso de água tirou mais de 20 mil pessoas de casa, provocou a morte de animais e também prejudicou o plantio de trigo no Estado. 

De acordo com a Emater (Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural), nesta semana o plantio chega a 65% da área destinada ao grão, enquanto no mesmo período do ano passado, a instalação chegava a 78%. Além disso, muitos produtores perderam a janela ideal do plantio, que terminou dia 20 de junho para as plantas de ciclo médio e tardio. Já as variedades precoces podem ser plantadas apenas até o dia 10 de julho. 

As áreas mais afetadas do Rio Grande do Sul são o norte e noroeste do Estado, principalmente as regiões que fazem divisa com Santa Catarina. O dano mais relatado pelos agricultores se refere à erosão, causada pelo elevado volume de chuva. Já nas lavoras próximas a rios, o grande problema foram as inundações.

No Brasil, a produção anual de trigo oscila entre cinco e seis milhões de toneladas, de acordo com a Embrapa (Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária). Porém, o consumo interno é de cerca de 10 milhões de toneladas e geralmente o que falta é importado da Argentina. 

Por causa do mau tempo, muito produtores gaúchos terão queda no rendimento e outros desistiram de terminar o plantio. Assim, a produção do grão poderá ser menor em 2014 e os preços devem subir. Além do agricultor, o consumidor final também sentirá os efeitos das chuvas no Sul, pois o grão é consumido na forma de pão, massas, bolo e biscoito. 

Previsão 

A boa notícia é que nesta semana o tempo seco vai predominar em toda a região Sul o país. A frente fria que estava n região conseguiu quebrar o bloqueio atmosférico e avançou para o Sudeste. Assim, uma massa de ar seco e fria cobre os Estados do Rio Grande do Sul, Santa Catarina e Paraná. As chuvas retornam apenas no domingo.

Tags:
Fonte:
Somar Meteorologia

0 comentário