Preços do feijão de cor ganham fôlego em novembro

Publicado em 17/11/2014 06:45 170 exibições
Este mês, valores da saca já ultrapassaram a média de R$ 80 em algumas praças

A safra 2013/14 definitivamente não foi favorável aos produtores de feijão paranaenses e demais localidades do País. Clima instável no plantio e na colheita, preços abaixo do custo de produção e atuação mediana do governo na aquisição do produto via leilões fizeram com que muitos amargassem prejuízo ou ainda ficassem com os estoques abarrotados da leguminosa.

Para a primeira safra 2014/15 (a das águas) a expectativa é um pouco melhor, com os preços começando a se recuperar na entressafra e, claro, com a retração natural de área e produção neste momento. A menor expectativa colocada sobre a nova safra em todo o País tem um lado positivo: durante este momento, os preços do feijão de cor – principal variedade plantada no Estado – já começaram a ficar em patamar mais elevado.

Entre agosto e outubro, houve salto da saca de 60 kg de R$ 53,88 para R$ 68,79, alta de 27%. Em novembro, os valores ultrapassaram a marca de R$ 80 em algumas praças. Na quinta-feira fechou em média a R$ 77,55 no Paraná. Já o feijão preto permanece com os preços estáveis, na casa dos R$ 90 este mês. "A retração das áreas e da produção aqueceram os preços, que estão em plena recuperação", relata o técnico do Departamento de Economia Rural (Deral) especializado na cultura, Carlos Alberto Salvador.

Leia a notícia na íntegra no site da FolhaWeb.

Tags:
Fonte:
Folha Web

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

0 comentário