Setor projeta alta de preço no arroz impulsionada por queda nos estoques

Publicado em 19/12/2014 12:18 98 exibições
O último levantamento do Irga, divulgado, indica que 98,54% da área gaúcha destinada ao arroz está plantada, um total de 1,10 milhão de hectares

Apesar do atraso e da perda do período ideal para plantio de arroz desta safra, representantes do setor apostam em preços elevados para 2015, visto que os estoques públicos e privados atingiram os menores níveis em cinco anos. Além disso, as exportações entram no radar dos produtores. Dados da Companhia Nacional de Abastecimento (Conab) mostram que, em 2013, os estoques de Aquisições do Governo Federal (AGF) chegaram a 346,2 mil toneladas, menor nível desde 2009. Na mesma linha, as 554,3 mil toneladas adquiridas através de Contratos de Opção marcaram o volume mais baixo desde o ano de 2008.

Com o intuito de suprir áreas de escassez na oferta e reequilibrar o mercado de preços e produção, a Conab realizou, na última semana, mais um leilão de venda de arroz, uma vez que o preço praticado no Rio Grande do Sul ­ maior estado produtor ­ está cerca de R$ 15 acima do mínimo estabelecido pela companhia. "A grande diferença deste período é que não temos grandes estoques remanescentes de outras safras, isso dá ao produtor um pouco mais de poder de barganha", explica o presidente da Federação das Associações de Arrozeiros do Rio Grande do Sul (Federarroz), Henrique Dornelles.

Leia a notícia na íntegra no site Planeta Arroz

Tags:
Fonte:
Planeta Arroz

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

0 comentário