Feijão: Preto e carioca ainda têm mercado forte diante da falta de oferta

Publicado em 25/05/2016 11:29
201 exibições

Feijão Carioca (*Mercado Firme*)

Feijão Preto (*Mercado Firme*)

*PREGÃO BOLSA DO BRÁS - SP*

Hoje houve uma oferta de apenas 1.300 scs (mil e trezentas sacas) de feijão carioca. Vendidas na sua totalidade, antes mesmo do término do pregão dessa madrugada, com *oscilações positivas em média de R$ 15,00 (quinze reais) a R$ 20,00 (vinte reais) por saca*.

Obs.: Já falta feijão carioca em várias praças a nível nacional.

*REFERÊNCIA DE PREÇOS*
*Brás - SP (Carioca)*

*10 / 10* R$ 340,00 / R$ 355,00
*9 / 9,5* R$ 320,00 / R$ 335,00
*8 / 8,5* R$ 300,00 / R$ 315,00
*7 / 7,5* R$ 275,00 / R$ 285,00

*REFERÊNCIA DE PREÇOS* 
*Brás - SP (Preto)*

*Extra*
R$ 195,00 / R$ 210,00 
*Comercial*
R$ 185,00 / R$ 195,00

*MERCADO NA ROÇA (LAVOURA) *

Mercado muito firme e, praticamente, sem oferta.
Já temos relatos de falta de feijão carioca em várias praças (cidades) nas gôndolas (prateleiras) dos supermercados. A situação deve se agravar para os próximos dias, com menos feijão disponível para ser comercializado na fonte (lavoura) contra um aumento natural das vendas por ser início de mês, tradicionalmente período de maior volume de vendas junto ao consumidor final. 
Todos estão se perguntando: quem vai ditar o rumo do mercado *produtor x consumidor*? Vários operadores de mercado, nesse momento, apostam no produtor rural, em virtude da escassez do produto, mesmo que tenhamos uma demanda fraca em razão do alto preço nas gôndolas para consumidor final. Mesmo assim, não vamos ter oferta pra atender essa demanda, mesmo ela sendo menor em relação à média dos últimos meses.

Tags:
Fonte: Juliano Seabra

Nenhum comentário