Grãos em 2017 devem puxar crescimento de 12,9% na renda no campo em Mato Grosso

Publicado em 22/12/2016 06:31
63 exibições

A agricultura deverá em 2017 deve ser responsável por 77% da renda no campo em Mato Grosso. A participação dos grãos será 2% maior que em 2016 visto a perspectiva de uma super safra de soja com 30,5 milhões de toneladas e de 25 milhões em milho. A previsão para o próximo ano no Estado é um Valor Bruto da Produção (VBP) da Agropecuária de R$ 63,6 bilhões. 

A agricultura e a base florestal juntos deverão somar R$ 49,1 bilhões em ganhos da porteira para dentro, enquanto a pecuária R$ 14,4 bilhões. Em 2016, a soma do VBP da Agropecuária ficou em R$ 56,3 bilhões.

O Valor Bruto da Produção, como o Agro Olhar já destacou, corresponde ao faturamento bruto dentro das propriedades. O cálculo é realizado com base na produção da safra agrícola e da pecuária e nos preços recebidos pelos produtores brasileiros.

As projeções são do Instituto Mato-grossense de Economia Agropecuária (Imea). As perspectivas para o VBP da Agricultura e Floresta de R$ 49,1 bilhões são 16,6% superiores aos R$ 42,165 bilhões constatados em 2016. Já na pecuária o salto é de 1,9% de R$ 14,1 bilhões para R$ 14,4 bilhões. 

Conforme as estimativas do Imea, a soja deverá apresentar crescimento de ganhos da porteira para dentro de R$ 28,7 bilhões para R$ 32,9 bilhões. O milho de R$ 6,03 bilhões para R$ 7,6 bilhões e o algodão de R$ 5,3 bilhões para R$ 6,2 bilhões.

Leia a notícia na íntegra no site Olhar Direto.

Fonte:
Olhar Direto

0 comentário