Argentina perde um “Paraná inteiro” na safra de grãos

Publicado em 16/03/2018 16:32 498 exibições

“O tango é um pensamento triste que se pode dançar”. Foi assim que o poeta portenho Enrique Discépolo definiu o ritmo mais tradicional da Argentina. A melancolia, neste ano, poderá buscar inspiração nas lavouras do país vizinho, terceiro maior produtor de grãos do mundo.

Dados da Bolsa de Cereais de Rosário (BCR) divulgados nesta quinta-feira (15) apontam que a quebra pela seca, somente na soja, deverá chegar a 17 milhões de toneladas, quase toda a produção da leguminosa no Paraná no mesmo ciclo - de 19 milhões de toneladas, segundo estimativa do Departamento de Economia Rural da Secretaria da Agricultura. As perdas argentinas remontam também a mais que toda a produção de soja e milho do Paraguai (9,5 milhões de toneladas e 3 milhões, respectivamente).

Veja a notícia na íntegra no site da Gazeta do Povo

Fonte:
Gazeta do Povo

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

Ao continuar com o cadastro, você concorda com nosso Termo de Privacidade e Consentimento e a Política de Privacidade.

0 comentário