Arroz: Cultivo da nova safra tem safra tem início com preços menores que em 2018

Publicado em 04/09/2019 10:15
53 exibições

Pesquisas do Cepea apontam que os preços de arroz em casca subiram em agosto, recuperando parte das perdas registradas em julho, devido ao maior interesse comprador e à restrição vendedora. Entretanto, a nova safra começa com valores menores que os registrados no mesmo período de 2018. O fato é que, apesar da pouca disponibilidade – mesmo com importações recordes –, o baixo consumo interno e a queda nas exportações acabam prevalecendo e nem mesmo os menores estoques de passagem esperados para o início de 2019 estão conseguindo sustentar os valores. Produtores consultados pelo Cepea optam em negociar outros produtos, restringindo o interesse pela venda do arroz em casca. Pontualmente, agricultores ofertam mais arroz para “fazer caixa”, para cumprir com as despesas do início do cultivo da nova safra 2019/20. Além disso, vendedores consultados pelo Cepea também se retraíram, devido à aprovação pelo Conselho Monetário Nacional (CMN) de prorrogação das parcelas das operações de crédito rural de custeio da cultura do arroz. De 27 de agosto a 3 de setembro, o Indicador ESALQ/SENAR-RS, 58% grãos inteiros, apresentou leve alta de 0,2%, fechando a R$ 44,93/sc de 50 kg na terça-feira, 3. Em agosto, o aumento foi de 4,4% e na parcial do ano (janeiro a agosto), de 11,5% A média mensal do Indicador, de R$ 43,75/sc, ficou apenas 1,6% acima da média de julho/19, porém, está 5,5% menor que a média de agosto/18 (dados atualizados pelo IGP-DI de julho/19). 

Tags:
Fonte: Cepea

0 comentário