Indefinição quanto a área cultivada de trigo, segundo a Conab

Publicado em 09/03/2010 13:22 535 exibições

O Banco Popular da China anunciou nesta terça-feira, após os rumores de uma hipotética valorização da moeda chinesa em relação ao dólar, que o iuane continuará com uma cotação "razoável e equilibrada".

Em uma entrevista coletiva, o vice-presidente do Banco Popular, Yi Gang, afirmou que a moeda chinesa continuará apegada à "política estabelecida" que limita sua livre oscilação e que Pequim controlará sua cotação.

"Muitos amigos têm a impressão de que a China impõe um controle sobre a divisa (...). Esta impressão não é correra", disse Yi durante o plenário anual da Assembleia Nacional Popular (ANP, Legislativo).

O funcionário, possivelmente, quis se referir a Estados Unidos e União Europeia (UE), que há anos dizem que a China mantém o valor de sua moeda artificialmente baixo para beneficiar as exportações.

O vice-presidente do banco central chinês também comunicou que a entidade seguirá com sua política de ampliar suas reservas mediante a compra de divisas estrangeiras, incluindo o dólar.

"As reservas de divisas estrangeiras são constituídas, principalmente, por bônus emitidos por governos e agências governamentais de países desenvolvidos e em desenvolvimento com altos índices de solvência", declarou Yi, que também é diretor do órgão estatal de câmbio de divisas.

"O mercado do Tesouro dos EUA é o maior mercado de bônus oficiais do mundo. Nossas reservas de divisas são enormes. Portanto, vocês podem imaginar o quanto o mercado do Tesouro americano é importante para nós", acrescentou.

Tags:
Fonte:
IG / Último Segundo

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

0 comentário