Arrozeiros farão mega-mobilização neste sábado em Cachoeira do Sul.

Publicado em 16/03/2010 17:52 e atualizado em 16/03/2010 18:59 1158 exibições

A Federação das Associações de Arrozeiros do Rio Grande do Sul (Federarroz), juntamente com a Farsul e a Fetag, coordenarão uma mobilização estadual em Cachoeira do Sul, região central do estado, no sábado (20/03), reunindo arrozeiros que sofreram prejuízos em suas lavouras na safra 2009-2010. A iniciativa foi aprovada nesta terça-feira entre os dirigentes das três entidades e visa ajudar os produtores prejudicados pelas cheias dos rios. "Há expectativa de participação de cerca de duas mil pessoas no encontro" afirma o dirigente de classe e um dos anfitriões, Ademar Kochemborger, atual presidente da União Central dos Rizicultores de Cachoeira do Sul.

Os agricultores querem auxílio do Governo Federal para recuperar parte das perdas que chegam a um milhão de toneladas no estado, volume suficiente para alimentar por um mês toda a população Brasileira. As entidades acompanhadas de parlamentares Gaúchos já estiveram seis vezes em Brasília, mas até agora nenhuma medida efetiva foi tomada, apesar o Ministro da Agricultura ter dito em 02/03 que encaminhou projeto com crédito especial a Casa Civil. Desde aquela data a Bancada Gaúcha tem tentado sem sucesso agendar encontro a Casa Civil da Presidência da República. "Queremos que a ministra Dilma Roussef cumpra a promessa que fez aqui em novembro durante visita ao estado, onde disse que não faltariam recursos ao estado," revela Renato Rocha, presidente da Federarroz. O pedido dos arrozeiros é de que o Governo Federal autorize a liberação de crédito emergencial R$ 175 milhões (equivalente a R$ 2.500 por hectare), com 10 anos para pagar e três anos de carência, mais 75 milhões para rebate de custeio (2009/2010) e investimentos (2009/2010 - 2010/2011) e para reconstrução da infra-estrutura das propriedades, totalizando 250 milhões de reais.

O primeiro passo para a realização do movimento aconteceu em Cachoeira do Sul, nesta terça-feira, onde a Câmara do Agronegócio, entidade ligada à Câmara de Comércio, Indústria e Serviços (Cacisc), define a operacionalização do encontro, que vai reunir autoridades políticas e de classe, produtores e a imprensa de várias regiões do Rio Grande do Sul, às margens da BR 153, cerca de cinco quilômetros distante do centro da cidade. A recepção aos participantes começará às 8h, e, ao meio-dia, será servido um almoço, que estará sob a responsabilidade da Farsul.

Além do setor do agronegócio, os produtores que sofreram prejuízos imensos com as fortes chuvas que caíram em várias regiões contam com apoio de entidades ligadas a outros setores, como comércio e indústria, haja vista que os impactos negativos devem atingir, em um futuro breve, a toda os setores. Já estão confirmadas as presenças de deputados estaduais, federais da bancada gaúcha, além de autoridades políticas ligadas ao setor rural, Prefeitos, Vice-Prefeitos, Vereadores, Presidentes de Associações de Arrozeiros, de Sindicatos Rurais, de Trabalhadores Rurais e das entidades promotoras, presidente da Farsul RS, Carlos Sperotto, e da própria Federarroz, Renato Caiaffo da Rocha e da Fetag, Elton Weber.

O QUÊ: Manifesto Setor Arrozeiro Gaúcho em prol dos produtores de arroz atingidos pelas cheias na safra 2009/2010

ONDE: BR 153, Cachoeira do Sul, Região Central do RS.

QUANDO: Sábado, dia 20 de março de 2010.

REALIZAÇÃO: Federarroz, Farsul e Fetag.

ACESSO: BR 290 (Capital, Sul, Noroeste e Fronteira) e ERS-287 (Norte e Nordeste)

CONTATOS/FONTES LOCAIS:

Ademar Pinto Kochemborger (51) 9996-6166

Carlos Joel da Silva (51) 9733-8578

Renato Caiaffo da Rocha (53) 3243-6002 / 9977-0651

Francisco Sachardong (51) 3214-4400 / 9973-9887

IMPRENSA:

Celso Rafael Elesbão (51) 9229-0116

Croqui de localização:

Clique aqui para ampliar!

Tags:
Fonte:
Federarroz

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

1 comentário