Pãozinho francês poderá ficar até 10% mais caro

Publicado em 26/03/2010 10:28 490 exibições
Se o aumento do imposto de importação de produtos dos Estados Unidos entrar mesmo em vigor, a alta no preço do pãozinho francês já tem data marcada. A partir de 7 de abril, quando passa a valer a sobretaxa sobre o trigo e outros produtos, o consumidor começará a sentir efeitos da retaliação no bolso. O reajuste pode chegar a 10%.

Segundo a Associação dos Industriais de Panificação do Rio (Abipan), que reúne 300 panificadoras no município, o preço da farinha de trigo já subiu 4% desde fevereiro, ainda sem repasse. Outro aumento é esperado. Desta forma, o pão francês vendido hoje a cerca de R$ 6 por quilo pode ficar entre 5% e 10% mais caro para o carioca.

“O preço do pão vai ficar mais caro. Não é só a farinha. Depois, vêm os outros derivados, que aumentam também. Uma coisa acompanha a outra”, diz José Severiano Câmara, presidente da entidade.

Câmara criticou ainda a concorrência dos supermercados. “O supermercado é beneficiado mais do que as padarias na compra do fermento, do trigo. Eles têm preço melhor e tempo maior para pagar e botam preço diferente do cobrado pelas padarias. Isso tudo atrapalha”, reclamou, destacando que o setor de panificação faturou 7% mais em 2009.

Para a Abitrigo, associação da indústria do trigo, a alta pode chegar a 16%. Apenas 5% do trigo usado no Brasil é importado dos Estados Unidos, mas essa cota será duramente afetada pelo aumento no imposto.
Tags:
Fonte:
O Dia Online

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

0 comentário