Trigo escapa do " efeito Goldman Sachs " na sexta-feira

Publicado em 19/04/2010 09:52 411 exibições

Cobertura de posições. O trigo foi uma das poucas commodities agrícolas a escapar do " efeito Goldman Sachs " na sexta-feira, e, graças a movimentos de cobertura de posições, as cotações subiram na sexta-feira nas bolsas americanas. Em Chicago, os contratos para entrega em maio fecharam a US$ 4,9050 por bushel, ganho de 10,25 centavos; em Kansas, o mesmo vencimento subiu 10 centavos de dólar e encerrou a sessão negociado a US$ 5,0650 por bushel. Soja e milho também não foram tragados pelas notícias relacionadas ao banco e registraram pequenos ganhos em Chicago, de acordo com as agências internacionais. No Paraná, a saca de 60 quilos do trigo saiu, em média, por R$ 23,38, 0,3% menos que na véspera, conforme o Departamento de Economia Rural (Deral).

Tags:
Fonte:
Valor Econômico

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

0 comentário