CTNBio avalia a liberação de arroz transgênico

Publicado em 22/06/2010 08:04
469 exibições
Comercialização e consumo estão sendo analisados por órgão.
Assim como os Estados Unidos, o Brasil poderá ter arroz tansgênico liberado para comercialização, depois de concluído o processo que examina o assunto na Comissão Técnica Nacional de Biossegurança (CTNBio), instância colegiada multidisciplinar que analisa, entre outros temas, a comercialização, o consumo e a liberação de organismos geneticamente modificados.

O processo ainda está sendo examinado por técnicos e especialistas e não tem data para ser votado pelos 27 integrantes da CTNBio.

Segundo o presidente da CTNBio, Edilson Paiva, além de já estar liberado nos EUA, o arroz transgênico logo estará sendo comercializado na China, onde o processo de análise se encontraria em estágio avançado.

- Em breve, metade da população do mundo, que está Ásia, vai estar comendo arroz transgênico - aposta o presidente da CTNBio.

No Brasil, de acordo com ele, o arroz transgênico está sendo examinado desde 2003.

- É um processo longo. Todos os aspectos são analisados cuidadosamente, levando em conta informações científicas, mesas-redondas com especialistas, enfim com a realização de vários estudos - disse. - É difícil ter uma previsão de quando ocorrerá a votação.
Tags:
Fonte: O Globo

Nenhum comentário