Trigo: falta de chuva no oeste do PR preocupa produtores

Publicado em 06/07/2010 09:43 283 exibições
O tempo está bastante seco no oeste do Paraná. Quem plantou milho comemora, mas quem optou pelo trigo teme que a falta de chuva prejudique as lavouras.

O clima lembra verão. Sol a pino e temperaturas altas em pelo julho. Só falta a chuva. Há 30 dias não cai uma gota de água na região. Mesmo assim, o milho está se desenvolvendo bem. As espigas só não estão mais graúdas por causa da seca que atingiu a região em maio. Essa sim causou prejuízo, mas pouco. A perda na área não chega a 10%. Fora isso, desde o plantio o tempo tem se comportado do jeito que a agricultora Rita Scherer Weber.

“Está estiagem, a princípio, não vai prejudicar a lavoura de milho porque está em fase de perda de umidade. Então, só vem a colaborar antecipando a colheita”, explicou Rita.

Para o milho, é até melhor que o clima continue assim. A lavoura já está formada. Não precisa mais de umidade. Se chover, com o vento, os pés podem até ser derrubados. Por isso, a torcida dos produtores é para que o céu continue limpinho até a hora da colheita.

Já para quem plantou trigo, tempo bom é chuva. O agricultor Paulo Orso semeou 110 hectares. Uma garoa já ajudaria a planta crescer forte. “Sem comprometer a produtividade, eu acho que de uma a duas semanas não teríamos problema com o milho se não chover. Depois disso, começa a encurtar muito o ciclo da cultura. Aí poderíamos ter um comprometimento de produtividade. Diminuem o tamanho da espiga e a produção de grãos. Mesmo que tenhamos uma qualidade um pouco melhor, mas terá uma produtividade menor um pouquinho", explicou.

Tags:
Fonte:
Globo Rural

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

0 comentário