Grãos produzidos no Paraguai serão exportados pelo Porto de Paranaguá

Publicado em 29/07/2010 08:05 478 exibições
A Administração dos Portos de Paranaguá e Antonina (Appa) e a Companhia de Desenvolvimento Agropecuário do Paraná (Codapar) vão trabalhar em parceria para trazer a carga de grãos do Paraguai para exportação nos portos paranaenses. Até o final de 2010, mais de 200 mil toneladas de soja, milho, trigo e farelos produzidos no país vizinho devem ser comercializadas via Paranaguá.

A produção de 10 cooperativas paraguaias, responsáveis por 60% da produção de soja do país, deve ser escoada até a cidade de Cascavel, onde a Codapar já constrói um porto seco. “Todo o produto será internalizado na estação aduaneira de Cascavel e de lá teremos o transbordo para caminhões maiores e para os vagões de trens que farão a logística até o terminal portuário de Paranaguá”, explica o diretor-presidente da Codapar, Jânio Dalla Costa.

Segundo o superintendente da Appa, Mario Lobo Filho, a parceria vai permitir a retomada de negócios importantes. “Vamos restabelecer Paranaguá como porto preferencial de movimentação dos grãos do Paraguai. Até então, o comércio internacional do país era realizado via Nova Palmeira, no Uruguai, ou via Rosário, na Argentina”, destacou ele.

A expectativa é que já no ano que vem os produtores paraguaios exportem cerca de 600 mil toneladas de grãos pelo terminal paranaense. O país tem produção anual de 8 milhões de toneladas de soja, milho e trigo. “A idéia é garantir que os pequenos e médios produtores do Paraguai possam escoar sua produção com vantagens tarifárias e logística, por isso devemos estabelecer parceria também com a Ferroeste”, adianta o diretor empresarial da autarquia, João Batista Lopes dos Santos.

Tags:
Fonte:
Agência Est. de Notícias do PR

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

0 comentário