No Paraná, estimativa para safra de trigo 10/11 é de 3,3 milhões de toneladas

Publicado em 26/08/2010 08:09 e atualizado em 26/08/2010 09:18 555 exibições
O desempenho da safra de trigo que já está sendo colhida no Paraná e as boas condições de clima na região Sul levaram os integrantes da Câmara Setorial das Culturas de Inverno a rever a estimativa para a safra de trigo 2010/2011 em reunião, ontem(25), em Brasília. De acordo com o presidente da câmara e da Fecoagro, Rui Polidoro Pinto, a safra tritícola deverá somar 3,3 milhões toneladas no Paraná e entre 1,8 milhão e 2 milhões no Estado. "A alta poderá chegar a 10% em relação à safra anterior ou, no mínimo, ao mesmo valor", projeta. Ele explica que, mesmo com a redução de área, a estimativa deve ser garantida devido ao aumento da produtividade com o uso de tecnologia e ao clima. Polidoro observa, contudo, que a lavoura está se desenvolvendo bem no RS, mas se chover em setembro o quadro poderá mudar.

Os triticultores aproveitaram o encontro para reivindicar definição do governo quanto a mecanismos de apoio à safra que começará a ser comercializada em setembro no Paraná e em novembro, no Rio Grande do Sul. Segundo Polidoro, a indústria tem a necessidade dessa decisão com antecedência para programar a aquisição do produto. "Precisamos saber qual o volume, o tipo de recurso e se o governo irá se preparar para intervir uma vez que, ao que tudo indica, será necessário que isso aconteça." Ainda ficou definida a entrega, hoje, de documento cobrando débitos de AGF e PEP que somam R$ 100 milhões. Conforme Polidoro, 40% dos débitos totais já foram quitados.

Tags:
Fonte:
Correio do Povo

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

0 comentário