Diante da fraqueza do dólar, futuros do cacau encerram com forte alta em NY

Publicado em 13/10/2010 16:28 e atualizado em 13/10/2010 17:04
234 exibições
O cacau encerrou a quarta-feira com forte alta na Bolsa de Nova York nesta quarta-feira (Ice Futures US) diante da fraqueza do dólar frente a várias moedas. Outro fator de sustentação foi a preocupação com a disseminação da doença da podridão parda nas regiões produtoras da África Ocidental. Com isso, o cacau atingiu hoje o mais alto nível desde 19 de agosto.

Além disso, segundo a corretora Lind-Waldock, apesar da falta de notícias específicas sobre o mercado, traders também fizeram operações de hedge antes das eleições da Costa do Marfim, em 31 de outubro, e dos números finais da colheita.

De acordo com estimativas da indústria, as entregas de amêndoa de cacau nos portos da Costa do
Marfim, maior produtor mundial, entre 1º e 10 de outubro - primeiros 10 dias da temporada 2010/11 - somaram 22 mil toneladas. Trata-se de uma queda de 3,42 mil toneladas (13%) em relação às 25,42 mil toneladas registradas no mesmo período de 2009.
 
O país colhe, geralmente, 1,22 milhão de toneladas de cacau por ano e a expectativa é de que desta vez a safra seja melhor do que o normal. Essa estimativa pode limitar uma eventual valorização da commodity.

>> Veja como ficaram as cotações do CACAU

Com informações da Dow Jones
Tags:
Fonte: Redação NA

Nenhum comentário