Estiagem no RS acelera colheita de feijão

Publicado em 21/01/2011 16:26 420 exibições
Maior déficit hídrico é na região Sul; nas demais, feijão se desenvolve regularmente
Por conta da estiagem nas regiões produtoras do Rio Grande do Sul, a colheita de feijão segue em bom ritmo, e já alcança cerca de 58% da área semeada. As informações são da Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural gaúcha (Emater/RS).

A floração, que é a fase mais crítica quanto à necessidade de água e que determina o potencial produtivo, apresenta pequeno percentual da lavoura a ser ultrapassado. Isso indica que a safra principal poderá fechar com a produção próxima da inicialmente projetada, apesar das perdas como na zona Sul do Estado.

Ainda segundo a Emater gaúcha, o déficit hídrico mais acentuado está localizado nas regiões Sul e Campanha. Nas demais, a cultura da primeira safra do feijão vem se desenvolvendo regularmente, com boa produtividade e qualidade.

Os negócios permanecem estáveis, mantendo pequenas variações nos preços da saca de 60 quilogramas para o feijão preto. Nesta semana, no Rio Grande do Sul, o valor médio caiu 1,4%, ficando em R$ 74,77 a saca, valor 19,5% abaixo da média histórica.

Tags:
Fonte:
Safras & Mercado

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

0 comentário