Cacau fecha em alta nesta terça-feira em NY com crise política na Costa do Marfim

Publicado em 23/02/2011 08:52 196 exibições
A continuidade da crise política na Costa do Marfim, o maior produtor mundial de cacau, ajudou a elevar as cotações da amêndoa ontem na bolsa de Nova York para o mais alto nível desde 1979. O contrato com vencimento em maio encerrou o dia a US$ 3.586 por tonelada, alta de US$ 87. A preocupação com o suprimento continua a atormentar o mercado, de acordo com a Bloomberg, principalmente depois que o presidente reconhecido como vencedor das eleições de novembro, Alassan Ouattara, avisou que vai estender a suspensão das exportações que tinha prazo para expirar nesta semana. No mercado da Bahia, a arroba do cacau fechou estável em R$ 90 em Ilhéus e Itabuna, segundo a Central Nacional de Produtores de Cacau.
Tags:
Fonte:
Valor Econômico

0 comentário