Trigo: USDA projeta estoques finais maiores tanto para os EUA quanto para o Mundo

Publicado em 10/03/2011 16:26 271 exibições
O relatório mensal do USDA sobre a situação do quadro de oferta e demanda do trigo nos EUA e no Mundo, divulgado nesta quinta-feira, projetou estoques finais maiores tanto para os Estados Unidos, como para o Mundo. Os estoques finais da safra 2010/11 de todos os trigos americanos ficaram em 843 milhões de bushels (22,94 milhões de toneladas), contra 818 milhões  (22,26 milhões de toneladas) da estimativa do mês anterior.  Os estoques mundiais ficaram em 181,90 milhões de toneladas, contra 177,77 milhões do mês anterior, uma elevação de 4,13 milhões de toneladas ou 2,32%.

Qual a consequência disto?
Como todos sabem, os dados de estoque final são o fiel da balança dos preços atuais e de curto prazo. Se os estoques aumentam, as preocupações com o abastecimento diminuem e os preços caem; se os estoques diminuem, as preocupações com o abastecimento aumentam e os preços sobem. Como conseqüência, os preços das Bolsas internacionais voltaram a cair, nesta quarta-feira.

É preciso ressaltar que a divulgação destes dados foi uma total surpresa para o mercado, que esperava redução e não aumento nas disponibilidades mundiais do trigo para esta temporada.

Produção mundial de trigo aumentou 2,19 milhões de toneladas
A produção mundial de trigo foi estimada em 647,60 milhões de toneladas, 2,19 milhões de toneladas a mais do que as 645,41 milhões do relatório anterior. Contribuíram para este aumento, na opinião do USDA, a produção Argentina aumentou 1,0 milhão de toneladas, baseada em uma produtividade maior. A produção da Austrália também aumentou 1,0 milhão de toneladas com a melhora da produtividade na região Oeste do país, onde a qualidade do trigo não foi afetada pelos problemas que a chuva causou no lado Leste. Outros aumentos de produção ocorreram na União Européia, de 500 mil toneladas e da Arábia Saudita, de 600 mil toneladas.

O consumo mundial foi reduzido para 663,02 milhões de toneladas, 2,21 milhões a menos do que o estimado no mês anterior. A maior redução deverá ocorrer na Rússia, de 1,5 milhão de toneladas.

Produção brasileira de trigo confirmada em 5,88 milhões de toneladas

Os dois relatórios divulgados nesta quinta feira confirmam a produção brasileira de trigo para a safra 2010/11 em 5,88 milhões e toneladas. O relatório da Conab, mais detalhista em relação à produção nacional, coloca a produção em 5.881.600 toneladas, 17% a mais do que as 5.026.200 toneladas produzidas na safra anterior, de 2009/10. Já o USDA praticamente confirma estes números, embora os arredonde para 5,9 milhões de toneladas. Os estados que aumentaram a produção nesta safra foram Mato Grosso do Sul, que passou de 72,6 para 73,3 mil toneladas, alta de 1,0% ; Paraná, cuja produção passou de 2,54 milhões para 3,31 milhões de toneladas, alta de 30,5% e Rio Grande do Sul, onde a produção passou de 1,80 milhões de toneladas para 1,97 milhão de toneladas,alta de 9,4%.

No quadro de oferta e demanda, esta está colocada em 10,42 milhões de toneladas, exigindo uma importação de 5,7 milhões de toneladas.As exportações brasileiras foram estimadas em 1,45 milhão de toneladas, contra 1,17 milhão do ano anterior.

Os preços do trigo nacional estão, neste momento, entre 22% (Paraná) e 25% (Rio Grande do Sul) mais elevados do que no mesmo período do ano anterior, nos mercados de lotes. Já os preços pagos ao produtor estão entre 17,16% (PR) e 10,93% (RS) mais altos do que os de 12 meses atrás.

Tags:
Fonte:
Trigo & Farinhas

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

0 comentário