Arrozeiro aguarda anúncio de medidas de ajuda do governo ao setor

Publicado em 28/03/2011 07:49 e atualizado em 28/03/2011 10:14 406 exibições
Os arrozeiros aguardam para o início desta semana posição do governo federal sobre os últimos pleitos do setor repassados à presidente Dilma Rousseff. Entre eles, está o credenciamento de armazéns da Cesa e de pessoas físicas para que o produtor possa acessar os recursos liberados via AGF ainda em fevereiro.

Pacote para arrozeiros deve sair nos próximos dias

Previsto para sair na semana passada, deve ser divulgado nos próximos dias o novo pacote para ajudar produtores gaúchos de arroz, afirmou o secretário estadual da Agricultura, Luiz Fernando Mainardi. As cotações bateram nos níveis mais baixos no Estado devido à safra farta do grão.

Entre as medidas, estão credenciamento emergencial de armazéns, implementação do Prêmio Equalizador ao Produtor (Pepro) para escoar 900 mil toneladas até maio e extensão do Programa de Garantia de Preços da Agricultura Familiar para toda a lavoura de arroz no Estado.

Tags:
Fonte:
Correio do Povo + Zero Hora

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

1 comentário

  • claudio heleno cassol santa maria - RS

    DIA 28 03 2011.,- Srs. responsáveis, pela Política Econômica do Gov.Fed.Tobini e Cia., por favor, parém, de enganar, os produtores rurais. Comecemos a Olhar, para dentro do Brasil, e, Constatar-mo-nos, que de nada adiante, ufanismos sobre nossas supersafras. Eis, que PARA TANTO, SOBE TB OS CUSTOS. E, o mais perverso é que, estamos sendo, saqueados pelas IMPORTAÇÕES PREDATÓRIAS. De ARROZ. É preciso, frear e Delimitar: A banda cambial: em R$ 2:50 A R$ 3:50 reais, para a quotação do dólar. A fim, de estancar a sangria de RIQUEZAS NACIONAIS, que estamos distribuindo ao Mundo Desenvolvido. Sem, NADA EM NOSSO FAVOR. A NÃO SER GERAR: DESCAPITALIZAÇÃO dos Produtores, causando mais Dívidas e Instranquilidade, nos Lares Brasileioros. Inclusive, com mais fechamento de vagas de trabalho. E, retardando a nossa Industrialização das Nossas Comodities: Soja, Arroz, Trigo, Café, Cacau e Outros, Minériode Ferro, e Outros. Deixando de Criarmos Técnologias e Matrizes de Produção, de Origem Nacional. E Outros setores, educação, saúde, saneamento, Logisticas: Portos, Ferrovias, Aeroportos, Estradas, etc. por falta de RENDA NACIONAL, pois,somos obrigados pelo Gove.Fed.e sua Política Monetaristas, a entregar nossas riquezas, mão de obra, sem valor agregados. ETC...etc... e sim ... vamos sendo, sempre ...semspre, massacrados pelos nossos GOVERNANTES. E,mais predicados Ambientalisatas, etc...etc...até... amo, amamos o nosso Brasil.

    -Subscrito por Claudio Heleno Cassol, tel.055. 9949. 5249, meu endereço Comercial: Rua Roque Calage, nº 8 - conj. 16 - centro Praça Saldanha Marinho.CEP.97 010 580 - SANTA MARIA/RGS/BRASIL.

    0