Problemas da Costa do Marfim impulsionam cacau em NY nesta segunda-feira

Publicado em 12/04/2011 07:31 157 exibições
Apesar da prisão do ex-líder Laurent Gbagbo na Costa do Marfim, que abriu novas possibilidades para a liberação das exportações do país - cerca de 500 mil toneladas -, as cotações do cacau fecharam a segunda-feira em alta na bolsa de Nova York. Os contratos com vencimento em julho encerraram o dia negociados a US$ 3.028 por tonelada, em alta de US$ 43. Traders consultados pela agência Dow Jones Newswires notaram que boas safras em países da África Ocidental já haviam evitado a queda das cotações quando Gbagbo anunciou a estatização de produção e exportações de cacau. Em Ilhéus e Itabuna, na Bahia, a arroba de 15 quilos da amêndoa saiu, em média, por R$ 73,66, de acordo com levantamento realizado pela Central Nacional de Produtores de Cacau.
Tags:
Fonte:
Valor Econômico

0 comentário