Movimentos dos preços do trigo nacional e previsões para a próxima temporada

Publicado em 08/06/2011 08:17 402 exibições
Às vésperas de mais um leilão de 165.184 toneladas de trigo das safras 2008 e 2009 da Conab os preços do trigo nacional da safra 2010/11 tiveram algumas modificações nesta terça-feira. As principais ocorreram em Cruz Alta, onde o preço subiu 8,7% de R$ 23,00  para R$ 25,00 e em Ponta Grossa, onde a elevação foi menor, de apenas 0,17%, passando de R$ 29,06 para R$ 29,11. Mas, houve quedas significativas: a maior ocorreu em Cachoeira do Sul, de -2,69%, com o preço passando de R$ 26,00 para R4 25,30. O preço também caiu no Paraná, sendo que em Cascavel caiu -1,17%, passando de R$ 24,71 para R$ 24,42 e em Maringá, onde caiu -0,26%, passando de R$ 26,52 para R$ 26,45.

Em entrevista concedida ao site Notícias Agrícolas desta terça-feira, o editor-chefe do Boletim Trigo&Farinhas assinalou a possibilidade de a diferença entre os preços do trigo brando e do trigo duro aumentar na próxima temporada, uma vez que está, de um lado, aumentando a oferta de trigo brando no Brasil, com um aumento da área plantada no Rio Grande do Sul e, de outro, a redução das suas possibilidades naturais de exportação, com a volta da Rússia ao mercado, lugar parcialmente ocupado pelo trigo gaúcho na última temporada. O editor lembrou que ainda há possibilidade de se manter e até aumentar o volume de exportação de trigo daquele estado, mas isto exigirá, na próxima temporada, um esforço direto dos seus dirigentes na busca destes mercados, que os há abundantes no Mundo, sem esperar que os compradores venham bater à porta. Uma conseqüência lateral deste aumento de oferta de trigo brando brasileiro na próxima temporada é a queda dos preços das farinhas comum e inteira, hoje muito valorizadas no mercado diante da sua escassez, uma vez que a sua matéria prima, o trigo brando, foi largamente exportado no Rio Grande do Sul e no Paraná.

Por outro lado, a redução da produção de trigo pão no Mundo, com os problemas que atualmente atravessam Estados Unidos, Canadá e Austrália, deverá fazer os preços deste produto subir. Em conseqüência, deverão subir também os preços dos trigos importados pelo Brasil, pois é justamente de trigo pão a nossa necessidade de importação. Com isto, é possível que os moinhos intensifiquem as compras de trigo pão no Brasil, se a qualidade for compatível.

Tags:
Fonte:
Trigo & Farinhas

0 comentário