Produtores de arroz do RS buscam apoio político para o setor

Publicado em 21/06/2011 08:14 190 exibições
Na segunda-feira (20) eles participaram de uma reunião em Porto Alegre. O preço baixo do grão é a principal queixa.
Deputados federais e estaduais receberam o grupo que foi até a Assembleia Legislativa gaúcha levar as reivindicações da safra deste ano. Eles reclamam do preço pago ao produtor, em torno de R$ 19 reais a saca de 50 quilos, valor que seria muito menor do que o custo de produção, que é de R$ 29 reais, de acordo com o Instituto Rio-Grandense do Arroz.

Pequenos e médios agricultores pedem a renegociação das dívidas. A proposta é adiar o vencimento dos financiamentos agrícolas para 31 de outubro desse ano. Eles falam também em receber do governo um prêmio para compensar a diferença entre o preço mínimo e o de mercado.

O governador do Rio Grande do Sul, Tarso Genro, prometeu, mais uma vez, levar as reivindicações dos arrozeiros para a presidente Dilma Rousseff.

Um dos principais pedidos do setor é que o governo aplique ao arroz importado do Mercosul o mesmo regime tributário do produto brasileiro. Segundo os arrozeiros, o custo de produção aqui é quase o dobro do que o dos países vizinhos.

Tags:
Fonte:
Globo Rural

0 comentário