Chuva atrasa e prejudica lavouras de feijão em Alagoas

Publicado em 02/08/2011 07:24 239 exibições
Em Pão de Açúcar, no sudoeste de Alagoas, o plantio de feijão foi feito em maio, mas quando as sementes mais precisaram de chuva, ela faltou.

A estiagem durou de junho até a primeira quinzena de julho, mas quando voltou a chover, já era tarde.

O agricultor José Melo plantou 1/2 hectare e tinha a esperança de colher 12 sacas. Como as plantas não se desenvolveram, o rendimento caiu para três.

Quem terminou a colheita, agora coloca o feijão no sol para secar e bater. Só depois será possível saber quanto da produção será aproveitada, a única certeza dos agricultores é que será menos do que o esperado.

Boa parte da produção é destinada ao consumo da famílias, mas este ano, com a baixa produtividade, os agricultores serão obrigados a mexer no bolso. Em Pão de Açúcar, o prejuízo nos 1200 hectares cultivados com feijão chega a 80% e atinge 1600 famílias.

O sindicato que representa os trabalhadores rurais reconhece que, por enquanto, o seguro Garantia Safra é a única saída.

A Secretaria de Agricultura de Pão de Açúcar informou que encaminhou ao Ministério do Desenvolvimento Agrário a documentação necessária para que os agricultores recebam o seguro.

Tags:
Fonte:
Globo Rural

0 comentário