Trigo nacional tem queda no mercado de balcão e alta no de lotes

Publicado em 21/09/2011 07:26 334 exibições
Os preços do trigo no mercado de balcão de algumas cidades sofreram queda nesta terça-feira. No es-tado do Paraná as cotações tiveram queda nas praças de Cascavel, onde sofreram baixa de -1,70%, passando de R$ 24,67 para R$ 24,25/saca de 60 kg; em Maringá, onde a queda foi de -2,07%, com pre-ços passando de R$ 26,04 para R$ 25,50 e em Ponta Grossa, onde a queda foi de 0,88%, com preços passando de R$ 28,37 para R$ 28,12 por saca. No Rio Grande do Sul e em Santa Catarina os preços per-maneceram inalterados, mas em Assis-SP, também houve queda de -2,14%, com o preço passando de R$ 28,13 para R$ 27,50. Por outro lado, no mercado de lotes, o preço subiu 2,08% em Cascavel-PR, passando de R$ 480 para R$ 490,00 a tonelada; em Maringá e em Apucarana, onde subiu 1,02% com o preço passando de R$ 490,00 para R$ 495,00. No Rio Grande do Sul os preços do mercado de lotes caíram levemente, cerca de 0,05%. As causas destas quedas foram basicamente duas: a) as quedas nos mercados referenciais, tanto inter-nacionais quanto de farinhas e b) a proximidade da colheita, que já começou no Paraná, com os moi-nhos preferindo trigo novo.

 TRIGO NACIONAL PARA EXPORTAÇÃO

Vendedores se mantiveram no mercado de exportação nesta terça-feira Depois de passar a semana totalmente ausentes, os vendedores continuaram no mercado de exporta-ção nesta terça-feira, oferecendo trigo brasileiro a US$ 285/tonelada, sem, contudo, obter uma contra-partida dos compradores. Para se ter um parâmetro, o último interesse dos compradores foi em torno de US$ 288 (293) para compra, com os vendedores pedindo US$ 299 (303)/ton, para entrega em jan-eiro/11. Se formos aplicar uma taxa cambial média projetada para esta época a R$ 1,70, (talvez possa até ser mais, dadas as condições das economias mundiais neste momento) à cotação de hoje, a receita poderá ser de R$ 484,5 (489,60) nos portos, R$ 436,05 (440,64)/tonelada no interior ou R$ 26,16 (26,44)/saca de 60 kg no interior.

Tags:
Fonte:
Boletim Trigo & Farinhas

0 comentário