Mandioca: Desde maio, mandioca se valoriza mais de 30 %

Publicado em 02/09/2013 11:00
621 exibições

O clima seco há praticamente seis semanas segue dificultando a colheita de raiz de mandioca no Centro-Sul do País. Esse cenário reduziu a oferta de raiz e a quantidade de matéria-prima processada pela indústria. A ociosidade industrial média ficou em 60% da capacidade instalada. Com a menor disponibilidade, na maioria das regiões acompanhadas pelo Cepea, os preços continuaram a subir. A média semanal a prazo da tonelada de mandioca posta fecularia foi de R$ 378,52 (R$ 0,6583/grama de amido na balança hidrostática de 5 kg), alta de 1,5% frente à anterior. No mês, o cenário foi semelhante. A oferta reduzida de raiz deu sustentação aos preços, que subiram 6,8% sobre a média de julho, a R$ 373,17/t (R$ 0,6489/g). Desde maio, início das altas de preços, a mandioca teve valorização de 31% em termos reais (deflacionamento pelo IGP-DI de agosto/13).

Tags:
Fonte: Cepea

Nenhum comentário