Mandioca: Com baixa oferta de raiz, fecularias têm 65% de ociosidade

Publicado em 16/09/2013 12:02
765 exibições

A estiagem, que já dura mais de 40 dias nas regiões acompanhadas pelo Cepea, continua dificultando os trabalhos no campo, prejudicando fortemente a colheita de mandioca. Assim, a quantidade de mandioca processada na indústria de fécula segue baixa e a ociosidade industrial aumentou – na última semana teve média de 64,8% da capacidade instalada. Segundo pesquisadores do Cepea, além da baixa oferta devido ao clima seco, há também menor disponibilidade de raízes de segundo ciclo. Por outro lado, a demanda por mandioca tem sido crescente, com maior disputa pelo produto entre as fecularias, que seguem com baixos estoques. Além disso, farinheiras com compromissos a cumprir também aumentaram a procura pela raiz, principalmente no Paraná. A combinação de baixa oferta e demanda elevada aumentou as cotações da raiz de mandioca. Entre 9 e 13 setembro, a média semanal a prazo do produto posto fecularia foi de R$ 384,70/t (R$ 0,6691/grama de amido na balança hidrostática de 5 kg), acréscimo de 2,7%. A média das duas primeiras semanas de setembro já superou em 1,7% a do mês de agosto. 

Tags:
Fonte: Cepea

0 comentário