Cenoura: Queda nos custos contribui para rentabilidade positiva em 2018

Publicado em 22/11/2018 11:20
24 exibições

A safra de inverno de cenoura em São Gotardo (MG) está caminhando para o final. Colaboradores do Hortifruti/Cepea afirmam que, no próximo mês, as primeiras variedades de verão já serão colhidas – ocorrendo, portanto, sobreposição entre as duas safras.

Do início da temporada, em agosto/18, até o momento, a média dos preços da caixa de 29 kg da cenoura "suja" é de R$ 16,45, valor 86,6% acima das estimativas de custos de produção. Assim, os preços médios estão em patamares similares aos do mesmo período do ano anterior, enquanto os custos unitários estão 6,7% mais baixos – resultado da maior produtividade (3,9% superior no período).

A melhor produtividade, por sua vez, é resultado do clima positivo e do bom manejo das cenouras. Produtores acreditam que, dentre outros fatores, subsolagens mais profundas tenham melhorado as condições físicas para o desenvolvimento das raízes neste ano. O melhor controle fitossanitário, com avanços no monitoramento de pragas e doenças, também colaborou para os ganhos em rendimento e qualidade.

Por outro lado, as chuvas em excesso já começam a preocupar os produtores da região mineira, uma vez que há incidência de nematóides nas lavouras.

Confira mais informações no site www.hfbrasil.org.br

Tags:
Fonte: Cepea/Hortifruti

Nenhum comentário