Batata: Não dá para colher com tanta chuva

Publicado em 01/03/2019 17:03
89 exibições

Entre os dias 25/02 e 1º/03, a batata padrão ágata especial foi comercializada nos atacados paulistanos a R$ 172,13/sc de 50 kg, alta de 24,99% em relação à semana passada. A valorização do tubérculo se deve ao grande volume de precipitações nas lavouras do Sul (Guarapuava/PR, Água Doce/SC e RS) e de Minas Gerais (Sul e Cerrado MG) – que atrapalharam as atividades no campo. Segundo colaboradores, produtores tentaram colher para aproveitar os bons preços, mas nessa situação em muitos casos a qualidade acaba sendo prejudicada. As cotações chegaram até R$ 250,00/sc – para os produtos com excelente qualidade (pele clara/lisa) e calibre graúdo. Com o clima chuvoso, o shelf life está bastante reduzido, sobretudo das batatas mineiras e gaúchas. Além do excesso de chuvas, as elevadas temperaturas foram responsáveis por acelerar o ciclo de desenvolvimento em regiões como na Chapada Diamantina (BA), o que fez com que a colheita fosse adiantada. Para a próxima semana, com o feriado de carnaval, a comercialização pode ser um pouco prejudicada, mas a oferta ainda deve estar menor.

Confira mais informações no site www.hfbrasil.org.br

Tags:
Fonte: Cepea/Hortifruti

Nenhum comentário