Manga: Chegando verde às prateleiras, tommy se desvaloriza 23%

Publicado em 29/03/2019 14:03
70 exibições

A baixa oferta nacional de manga fez com que os preços alcançassem níveis históricos nas últimas semanas. No entanto, apesar do alerta dos próprios produtores, reproduzido também pelo Hortifruti/Cepea, o grande volume de mangas verdes carregado até os atacados travou as vendas e pressionou as cotações.

Segundo agentes do setor, a revenda dessas frutas está sendo difícil tanto na Ceagesp, quanto no varejo, sobretudo pela desaprovação da qualidade por parte dos próprios consumidores. Com isso, observou-se, nesta semana, um recuo expressivo de 23% nas cotações de tommy de Petrolina/Juazeiro (PE/BA), variedade que mais tem sido vendida antes do ponto de maturação adequado.

Os preços ficaram na média de R$ 1,98/kg, frente aos valores de R$ 2,56/kg praticados na semana passada.

Confira mais informações no site www.hfbrasil.org.br

Tags:
Fonte: Cepea/Hortifruti

Nenhum comentário