Mamão: Havaí tem rentabilidade positiva no primeiro quadrimestre

Publicado em 21/05/2019 16:26
31 exibições

Apesar do aumento dos custos estimados de produção, a rentabilidade unitária do mamão havaí esteve positiva na parcial do ano (janeiro a abril). Este resultado, por sua vez, foi motivado pela baixa oferta da variedade no período, fator que garantiu bons preços.

Assim, o havaí tipo 12 a 18 foi comercializado na média de R$ 2,06/kg no Norte do Espírito Santo na parcial do ano, valor 20% superior ao observado no mesmo período de 2018 e 178% maior do que o custo de produção. Apesar deste cenário positivo, os números ainda ficaram abaixo dos de 2016 – quando a variedade foi vendida por até R$ 4,27/kg.

Segundo colaboradores do Hortifruti/Cepea, a baixa disponibilidade de mamão foi consequência das condições climáticas adversasnas principais regiões produtoras. Isso porque, enquanto no Norte do Espírito Santo e no Sul da Bahia as altas temperaturas e escassez de precipitações (nos dois primeiros meses de 2019) resultaram em abortamento da florada, um grande volume de chuvas foi observado entre março e abril no Rio Grande do Norte/Ceará – aumentando a incidência de doenças na região.

Confira mais informações no site www.hfbrasil.org.br

Tags:
Fonte: Cepea/Hortifruti

Nenhum comentário