Uva: No Vale, vendas são mais aquecidas em outubro

Publicado em 22/10/2019 16:02 e atualizado em 22/10/2019 17:02
45 exibições

O Vale do São Francisco (PE/BA) tem registrado, no mês de outubro, uma melhoria no desempenho das comercializações de uvas. De acordo com colaboradores do Hortifruti/Cepea, a causa é a atividade exportadora mais aquecida, fator que vem beneficiando não só as cotações, mas também o nível de frutas estocadas.

Muitos comerciantes apontam que o equilíbrio na oferta, a nível nacional, tem permitido melhores cotações – cenário somado à demanda mais firme. Além disso, alguns destinos fora do eixo Rio de Janeiro – São Paulo se mostraram melhores opções para o escoamento das frutas.

Dentre as variedades, a arra 15 (branca e sem semente) é a menos beneficiada pelas maiores cotações, uma vez que sua oferta é mais volumosa, devido às sobras de exportação. O cenário, portanto, tem desacelerado o crescimento dos preços, principalmente nas embalagens cumbucadas (5 kg).

Ainda que com alguns entraves, a expectativa de viticultores é positiva, ao se considerar que Jales (SP) não registra oferta muito elevada, o que deve permitir que as uvas finas do Nordeste ganhem espaço em outras praças – principalmente a BRS vitória.

Confira mais informações no site www.hfbrasil.org.br

Tags:
Fonte: Cepea/Hortifruti

0 comentário