Safra da batata concluída em MG

Publicado em 09/04/2010 08:28 1108 exibições
A colheita da batata na safra das águas chega ao fim, no sul de Minas Gerais. A produção foi menor, mas o preço compensou.

Na reta final da safra, o agricultor Vicente Carlos da Silva espera colher 50 mil sacas de batata do tipo cesar, usada tanto para o cozimento quanto na fritura. A produção no município de Senador Amaral, no sul de Minas Gerais, onde ele tem propriedade, deve chegar a quase 20 mil toneladas, mas poderia ter sido até maior. Por causa de fatores como o excesso de chuva algumas plantações foram atacadas pela doença murchadeira. “Calculou uma média de 10% de perda por causa do excesso de chuva e do calor”, falou.

Mesmo com a doença que atingiu as lavouras da região, os produtores comemoram os lucros na colheita desta safra das águas. A saca de 50 quilos da batata está sendo vendida por uma média de R$ 70,00.

“Há dois anos, a gente estava vendendo batata por uma média de R$ 12,00 a R$ 15,00 a saca. Hoje, devido à diminuição do plantio da batata, estamos conseguindo um preço de R$ 70,00 em média o saco”, completou seu Vicente.

A estratégia do agricultor Lairto de Almeida para garantir preços melhores foi colher a batata só agora, quase no fim da safra. “Deixei mais da metade da produção para colher em abril e maio, quando a gente estava prevendo que o preço será melhor. No ano passado, a gente vendeu a uma média de R$ 50,00 e esse ano eu acho que vai sair por uma média de R$ 60,00 a R$ 70,00, o que vai sair a uma média de 25% a 30% a mais”, falou.

Minas Gerais produz 35% da batata brasileira na safra das águas.
Tags:
Fonte:
Globo Rural

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

0 comentário