Agricultores dobram a lucratividade com as variedades de banana Japira e Vitória

Publicado em 13/04/2010 08:51 1056 exibições

 A produção de banana da Associação dos Produtores de Quarto Território tem apresentado bons resultados em Alfredo Chaves (ES). Com o acompanhamento dos técnicos do Instituto Capixaba de Pesquisa, Assistência Técnica e Extensão Rural (Incaper), órgão vinculado à Secretaria da Agricultura, Abastecimento, Aquicultura e Pesca do Espírito Santo (Seag), nos últimos anos, a fruta passou a ser comercializada pelo dobro do preço.

Devido ao sucesso da experiência de Alfredo Chaves, 28 agricultores familiares de todas as regiões do Espírito Santo visitaram no dia 8 de abril de 2010, a comunidade de Quarto Território, onde se localiza a associação. A atividade fez parte do seminário A importância da integração entre pesquisa e Ater: Mais alimentos para o Espírito Santo.

A visita é uma forma de destacar o sucesso da integração entre pesquisa e assistência técnica. Os produtores tiveram contato com os agricultores de Alfredo Chaves e puderam conhecer as novas variedades de banana Japira e Vitória, desenvolvidas pelo Incaper, mais produtivas e livres de pragas e doenças.

Segundo o extensionista do Incaper, Alciro Lamão Nazarino, a associação é formada por sete produtores, que somam uma área plantada de 60 hectares de banana. O grupo, que antes da associação vendia a fruta por R$ 0,50 o quilo, após as orientações do Incaper firmaram parcerias com empresas que compram a fruta diretamente dos agricultores. Atualmente a banana está sendo vendida por R$ 1,10.

No município, os agricultores têm, como fonte de renda, a olericultura, cafeicultura, a pecuária de corte e leite e a produção de banana da variedade prata, Japira e Vitoria. Como a fruta se desenvolve muito bem na região e o período de safra se estende por todo ano, o Incaper tem incentivado e apresentado tecnologias para aumentar a produtividade.

No escritório local do Incaper, em Alfredo Chaves, os técnicos têm acompanhado os agricultores e trabalham com a melhoria da qualidade da banana, as recomendações de adubo, análise de solo. Os resultados já são gratificantes e na associação, a fruta se valorizou.

"O Instituto visa a aumentar a produção da fruta e melhorar as condições de vida dos agricultores. Na associação, as variedades recomendadas têm gerado, aproximadamente, 10 toneladas por hectare, um total de 600 toneladas por ano", afirma o extensionista do Incaper, Alciro Lamão Nazarino.

Tags:
Fonte:
Ins. Capixaba de Pesquisa

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

0 comentário