Governo/PA estimula formação de novo polo produtor de banana

Publicado em 26/04/2010 15:51 874 exibições

Agricultores familiares do nordeste do Pará serão estimulados a investir na produção de banana, com o objetivo de formar um novo polo de bananicultura no Estado e diminuir a importação da fruta. Hoje, 88% da banana consumida em Belém são importados de outras regiões do país.<?xml:namespace prefix = o ns = "urn:schemas-microsoft-com:office:office" />

O Projeto Polo de Bananicultura do Nordeste Paraense é uma iniciativa da Secretaria de Estado de Agricultura (Sagri), em parceria com o Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) e Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa). Será integrado, inicialmente, pelos municípios de Santa Izabel do Pará, São Caetano de Odivelas e Santo Antônio do Tauá, considerando o grau de associativismo dos produtores selecionados e o fácil acesso à capital.

Para assessorar a implantação do projeto, a Sagri convidou o pesquisador Zilton Cordeiro, da Embrapa de Cruz das Almas, na Bahia, e coordenador nacional do Programa de Produção Integrada de Banana. Zilton Cordeiro ministrará cursos e treinamentos voltados ao aprimoramento técnico dos plantios.

Diagnóstico - Na primeira fase do projeto, serão atendidos 60 produtores em 10 propriedades selecionadas. Será realizado um diagnóstico do atual sistema de produção de banana nessas propriedades e ministrado um curso sobre Produção Integrada aos produtores e técnicos participantes do programa.

Uma reunião com pesquisadores da Embrapa e Ministério da Agricultura, em Belém, dará início à programação nesta segunda-feira (26). Até o dia 30 serão realizadas visitas às propriedades selecionadas nos três municípios que compõem o Polo de Bananicultura.

O Pará ocupa hoje o 5º lugar no ranking da produção nacional de banana, com 503.958 toneladas. A produção integrada consiste na implantação de práticas agrícolas que viabilizam economicamente a propriedade, maximizam o uso dos recursos naturais e diminuem os riscos ao homem, preservando o meio ambiente graças à redução de agrotóxicos na plantação.

 

Tags:
Fonte:
Agência Pará de Notícias

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

0 comentário