Cebolicultores de São José do Norte/RS distribuem cebolas gratuitamente como forma de protesto

Publicado em 10/02/2011 08:10 706 exibições
Os cebolicultores de São José do Norte protestaram ontem (9) à tarde, em frente ao Banco do Brasil, no centro da cidade, pelo baixo preço da cebola e pela difícil situação financeira em que se encontram. Foram doadas à comunidade 15 toneladas do bulbo, acondicionadas num caminhão estacionado em frente à agência. Conforme o presidente da Câmara de Vereadores nortense, Cleonir Bittencourt, os produtores recebem de R$ 0,12 a R$ 0,15 pelo quilo da cebola, chegando a R$ 0,11/kg em alguns casos. Segundo ele, em Santa Catarina, o quilo do bulbo está em R$ 0,30/kg.

O movimento também objetivou sensibilizar as autoridades quanto à necessidade de prorrogação do prazo para pagar os financiamentos feitos pelos cebolicultores no Banco do Brasil e no Banrisul. "Queremos anistia ou cinco anos de carência e pagamento parcelado. Também já conversamos com a secretaria da Agricultura do Estado, que ficou de encaminhar nosso pedido ao Ministério da Agricultura", explicou Bittencourt.

Também há expectativa para audiência com os senadores Ana Amélia Lemos e Paulo Paim para solicitar apoio à prorrogação do Pronaf. "O movimento sindical Grito da Terra Brasil fará um protesto em Brasília, em março, para pedir o perdão das dívidas dos agricultores", adiantou o secretário do Sindicato dos Trabalhadores Rurais do município, Vitor Hugo Amorim.

Tags:
Fonte:
Correio do Povo

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

0 comentário