Citros: Indústria paulista reduz ritmo de atividades

Publicado em 06/02/2012 09:32 616 exibições
Faltam poucos meses para a finalização da safra 2011/12, mas as recentes rejeições de cargas de suco de laranja exportadas para os Estados Unidos têm feito com que o setor industrial paulista repense seu planejamento para o final desta temporada, de acordo com informações do Cepea. Desde que os EUA passaram a restringir a entrada do suco com resíduos de carbendazim, até então aceitos, as indústrias precisaram se reorganizar sobre os envios ao país e algumas fábricas reduziram o ritmo de moagem, conforme indicam pesquisas do Cepea. Ainda é cedo para prever possíveis impactos aos diversos agentes do setor da restrição imposta pela Administração de Alimentos e Medicamentos dos Estados Unidos (FDA, na sigla em inglês), visto que não se sabe quanto tempo levará para se encontrar uma solução. Mas, em janeiro, a exportação já teria sido contida, visando a evitar mais impedimentos de entrada nos EUA, o que poderia gerar custos adicionais. Com relação ao mercado de laranja de mesa na semana passada, colaboradores do Cepea comentam que a procura aumentou ligeiramente. Assim, a média da pêra foi de R$ 8,41/cx, na árvore, pequeno avanço de 1,4% em relação à média anterior.
Tags:
Fonte:
Cepea

0 comentário