Citros: Com oferta reduzida, tahiti valoriza 17% em um mês

Publicado em 05/08/2013 10:38
529 exibições

No mercado paulista de lima ácida tahiti, a procura segue estável, mas a oferta reduzida tem impulsionado os valores da fruta pagos ao produtor. A média de julho ficou em R$ 21,00/cx de 27 kg, colhida, valor 16,5% maior que a média do mês anterior. Segundo agentes consultados pelo Cepea, essas as altas poderiam ser ainda maiores, mas a concorrência com as frutas de outros estados está limitando os avanços. Para a laranja pera, as vendas ainda não ganharam ritmo e a oferta elevada pressiona os valores. Produtores acreditam que, a partir desta semana, o volume negociado deva aumentar com o retorno das aulas. Além disso, as indústrias devem liberar a entrega de maiores volumes de laranja pera, reduzindo a disponibilidade no mercado in natura. Em julho, a pera teve média de R$ 6,20/cx de 40,8 kg, na árvore, recuo de 7,58% em relação à média de junho.

Tags:
Fonte: Cepea

0 comentário