Citros: Indústria intensifica compras, mas preço é pouco remunerador

Publicado em 25/07/2014 09:39 983 exibições

A demanda industrial pela laranja já tem sido maior frente à observada no ano passado no mercado spot paulista e/ou de contratos de uma safra. Algumas processadoras, inclusive, já têm comprado frutas precoces. O preço médio dessas variedades é de R$ 8,00/cx de 40,8 kg, colhida e posta na indústria, podendo contar com adicional de participação, a ser pago em fevereiro/16. Já no caso da laranja pera, o interesse das indústrias é mais elevado e os valores estão em torno de R$ 10,00/cx – também podendo contar com adicional. Mesmo com os preços superiores aos do ano passado, produtores consultados pelo Cepea alegam que os valores atuais ainda não compensam os prejuízos de safras anteriores e nem amenizam o nível de endividamento dos citricultores independentes. Na tentativa de amenizar esse cenário, citricultores paulistas podem participar de mais um leilão de Pepro (Prêmio Equalizador Pago ao Produtor Rural), na próxima quinta-feira, 31, para obter um valor adicional ao comercializado com as processadoras.

Tags:
Fonte:
Cepea

0 comentário