Citrus: Vem mais poncã por aí

Publicado em 26/04/2019 14:19
73 exibições

A intensificação da colheita de tangerina poncã nas principais regiões produtoras do País tem dificultado o escoamento da fruta no mercado de mesa de São Paulo. Isso porque, além do aumento da oferta das variedades locais (cuja colheita foi iniciada em fevereiro em algumas regiões), agora, a produção paulista compete diretamente com a de Minas Gerais – neste estado, a colheita está em maior ritmo nas praças de Campanha e de Belo Vale.

Esse cenário, atrelado ao fato de parte das frutas estar abaixo da maturação demandada pelo segmento, têm pressionado as cotações. Nesta semana (22 a 26/04), a poncã registrou média de R$ 28,26/cx de 27 kg, queda de 9,3% em relação à anterior. A perspectiva é de que a maior parte das frutas fique "pronta" em maio.

No mercado de laranja e de lima ácida tahiti in natura, o cenário esteve semelhante: com o aumento da oferta de ambas as frutas e o movimento mais fraco nos últimos dias, as cotações recuaram. Assim, nesta semana, a laranja pera fechou a R$ 27,11/cx de 40,8 kg, na árvore, baixa de 13,5% frente à passada. A tahiti, por sua vez, foi cotada a R$ 25,02/cx de 27 kg, colhida, baixa de 6,1% em relação à semana anterior.

Confira mais informações no site www.hfbrasil.org.br

Tags:
Fonte: Cepea/Hortifruti

Nenhum comentário