Suco dá lucro ao Pará

Publicado em 05/04/2010 08:29 999 exibições
Exportação aumenta 109% em cinco anos. Salto nas vendas foi de 5 para 11 toneladas.

A exportação de sucos de frutas do Pará aumentou 109,48% nos últimos cinco anos. Saltou de 5.418 toneladas exportadas em 2004 para 11.350 toneladas em 2009. A receita gerada nesse período passou de US$ 6,42 milhões para US$ 27,97 milhões, aproximadamente R$ 49,5 milhões, segundo dados do Ministério do Desenvolvimento da Indústria e Comércio (MDIC). O resultado deixa o Pará em terceiro lugar no ranking da exportação de sucos no Brasil.

Além do suco de frutas, castanha-do-pará e cacau industrial também contribuíram para o crescimento da pauta de exportação paraense. Em 2009, a exportação da castanha foi responsável por US$ 7,18 milhões, enquanto o cacau gerou receita de US$ 726,6 mil. Somadas as receitas obtidas a partir da exportação dos três produtos, obtemos o valor de US$ 35,16 milhões, o equivalente a R$ 62,23 milhões. Valor que supera o obtido com o ouro na pauta de exportação paraense. No ano passado, o metal foi responsável US$ 26,9 milhões, cerca de R$ 47,61 na pauta de exportação.

Segundo dados da Secretaria Estadual de Agricultura (Sagri), o crescimento nas exportações também foi verificado nos demais elos das cadeias produtivas de flores e frutas dos outros Estados da região amazônica. As marcas do avanço serão apresentadas durante o lançamento da Frutal Amazônia e Flor Pará 2010, na próxima quarta-feira, 7, no prédio da Sagri.

Há quatro anos a Flor Pará uniu-se à Frutal Amazônia. Os resultados dessa união podem ser observados na organização das cadeias produtivas, nas implantações e transferências de novas tecnologias, no acesso ao crédito e informações de mercados, na promoção dos produtos regionais e no fortalecimento da agricultura familiar.

Juntas, Frutal Amazônia e Flor Pará se consolidam como eventos de transferência de tecnologia, realização de negócios e de promoção da região amazônica. Em 2009, mais de 33 mil pessoas visitaram os 300 estandes de flores, frutas, máquinas agroindustriais e artesanato nos três dias do evento. Este ano a Semana da Fruticultura, Floricultura e Agroindústria será de 24 a 27 de junho, no Hangar Centro de Convenções e Feiras da Amazônia.

Na área de floricultura, a produção anual do Pará está em torno de 1,5 milhão de flores tropicais, subtropicais, ornamentais, folhagens e gramas. O mercado paraense já absorve 70% dessa produção e o restante é exportado.

Tags:
Fonte:
Amazônia

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

0 comentário