Citros: Indústria não define valores, mas aquece moagem

Publicado em 06/06/2011 10:33 589 exibições

As indústrias paulistas de suco iniciam a temporada moendo principalmente frutas de pomares próprios ou já contratadas em anos anteriores, conforme pesquisas do Cepea. Até o momento, são poucos os contratos “tradicionais”, com preços fixados para um ou mais anos, mas há a expectativa de que estes passem a ser negociados nas próximas semanas. Quanto às compras que têm sido realizadas, colaboradores do Cepea informam que uma empresa tem adquirido no portão (spot, sem contrato) e outras duas, através de novos contratos de curto prazo sem valores pré-fixados.

33ª Semana da Citricultura
As pesquisadoras do Cepea Dra. Margarete Boteon e Dra. Sílvia Helena Galvão de Miranda ministram palestras nesta quinta-feira, 9, durante a 33ª Semana de Citricultura. Os temas são: Perspectivas da citricultura paulista e Análise benefício-custo da defesa fitossanitária na citricultura: um estudo para o HLB.

Tags:
Fonte:
Cepea

0 comentário