Citros: Safra prolongada de tahiti deve reduzir oferta

Publicado em 01/08/2011 10:48 308 exibições
Apesar da expectativa de redução na oferta da lima ácida tahiti desde junho, o volume disponível começou a diminuir somente no final de julho, segundo pesquisadores do Cepea. Assim, o pico de oferta, que em 2010 ocorreu entre janeiro e março, foi verificado a partir de abril, durando até meados de julho. Esse deslocamento no pico de oferta da tahiti também limitou a florada que desenvolveria os frutos do segundo semestre. As flores que deveriam ter aberto entre abril e junho (período em que as árvores estavam mais carregadas de frutas) abriram apenas de forma pontual, já que a presença de frutas ainda no pé costuma inibir as florações. Muitos produtores consultados pelo Cepea preferiram derrubar as frutas das árvores entre o final de junho e o início de julho para que as flores despontassem com mais intensidade. Contudo, como a tahiti tem um ciclo de cerca de cinco meses (da florada à colheita), mesmo nessas propriedades, as frutas que se desenvolverem devem estar maduras apenas em dezembro. Dessa forma, produtores acreditam que a oferta no segundo semestre de 2011 deva ser ainda menor do que no mesmo período do ano passado.
Tags:
Fonte:
Cepea

0 comentário