Citros: Menor oferta mantém preços de tahiti em alta

Publicado em 12/08/2011 10:25 402 exibições
A oferta de lima ácida tahiti se mantém baixa no mercado brasileiro, impulsionando os preços da fruta, conforme dados do Cepea. Além da disponibilidade limitada, há ainda menos frutas com qualidade. Agentes consultados pelo Cepea têm expectativa de que o preço da tahiti continue em alta, já que a oferta deve ser menor no segundo semestre. Na parcial da semana (de segunda a quinta-feira), a tahiti teve média de R$ 23,01/cx de 27 kg, colhida, forte alta de 45% em relação à da semana anterior. Quanto às exportações totais de suco de laranja em julho (primeiro mês do ano-safra exportador 2011/12), segundo a Secex (Secretaria de Comércio Exterior), o Brasil obteve receita de US$ 146,3 milhões, aumento de 27% em relação ao mesmo mês de 2010. Os embarques de óleos essenciais também movimentaram maior receita neste período, na mesma comparação – quase US$ 5,6 milhões em julho, 52% superior ao mesmo período de 2010, apesar do volume 20% menor. Para o limoneno, contudo, o volume embarcado e a receita obtida foram bem menores – recuos de 62% e de 63%, respectivamente. O preço médio do quilo permaneceu praticamente sem alteração (ligeira queda de 3% no período).
Tags:
Fonte:
Cepea

0 comentário