Appa registra movimento recorde de caminhões

Publicado em 24/08/2012 14:52 647 exibições
Mesmo com fluxo intenso, durante toda esta semana, o transporte rodoviário de cargas foi completamente absorvido pelo sistema do porto. Não houve qualquer registro de transtorno ou filas.

Esta semana, a média de caminhões que passaram pelo Pátio de Triagem da Administração dos Portos de Paranaguá e Antonina (Appa) foi de três mil veículos por dia. Já na segunda-feira, entre os que deram entrada e foram liberados para a descarga, o pico chegou a 3.325 veículos.

O local chegou a lotar na noite de quinta (23) para sexta (24). Porém, não ficou nem uma hora nessa situação. A chegada, a classificação e a liberação dos caminhões ocorreram normalmente. Tanto no pátio quanto nos terminais de descarga, a ordem, a limpeza e a segurança foram mantidas.

Segundo o superintendente, Luiz Henrique Dividino, esse fluxo intenso foi completamente suprido pela logística implantada pela Appa. "Não houve transtorno algum, nem fila na estrada, na entrada ou durante a descarga. “Isso significa duas coisas: temos condições de dar conta de todo o crescimento de demanda, de maneira organizada; e, mais que isso, percebemos que a demanda só aumenta e que temos que, urgentemente, pensar em alternativas para continuar atendendo com qualidade e segurança”, afirma.

Perfil – De 0h de segunda (20) até às 11h desta sexta-feira (24), passaram pelo Pátio de Triagem 6.780 caminhões, de acordo com os dados registrados pelo Carga Online (sistema que faz o gerenciamento do fluxo logístico dos veículos até o porto, estabelecendo quotas diárias de recebimento de caminhões e vagões para cada terminal/operador).

A maioria desses veículos é do próprio Paraná. Porém, também chegaram em Paranaguá caminhões procedentes do Mato Grosso, Goiás, São Paulo, Mato Grosso do Sul, Rio Grande do Sul e Santa Catarina.

No total, os caminhões transportavam um total de mais de 237 mil toneladas de grãos. O principal produto era o milho, que somou mais quase 128 mil toneladas. De farelo foram quase 57 mil toneladas e de soja, 52 mil.

Pátio de triagem - Como apoio ao modal rodoviário, o Porto de Paranaguá é o único do Brasil a disponibilizar, gratuitamente, um pátio de triagem para os caminhões que chegam para descarregar os granéis sólidos agrícolas, através do Corredor de Exportação. A área possui capacidade de estacionamento de 1.400 caminhões, sendo que a capacidade instalada de recebimento do Complexo de Silos de Graneis Sólidos pode absorver até 2.800 caminhões/dia. Operando através do sistema Carga Online, que ajuda a evitar as filas, as cargas só são liberadas quando existe local disponível em armazém para receber o produto e navio nominado para receber a carga.

Ecovia - O movimento recorde de caminhões, nos dois sentidos, foi registrado, também, pela Ecovia – concessionária que administra a BR277, que liga Curitiba a Paranaguá. Segundo a empresa, a média de movimento, esta semana, foi de 7,5 mil caminhões. Na terça-feira (21), o pico - recorde do mês de agosto - chegou a 8.627.

Durante este mês, do dia 1 ao último dia 23, passaram pela praça de pedágio 168.713 caminhões, – 85.343, apenas sentido Paranaguá. Ainda segundo a concessionária, durante todo este ano, o movimento de caminhões pela BR277 foi de 1.462.430. Apenas sentido Paranaguá, entre 1 de janeiro até o último dia 23, foram 733.653 caminhões que passaram pelo pedágio.
Tags:
Fonte:
APPA

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

0 comentário