Preço mais baixo puxa demanda pelo transporte ferroviário no PR e em MT

Publicado em 01/03/2013 08:09
467 exibições
Na cooperativa em Cafelândia, no oeste do Paraná, caminhões com milho e soja chegam o tempo todo para descarregar. A safra de verão movimenta e enche os armazéns.

Nas rodovias da região o vai e vem de caminhões carregados também é constante. No Paraná, a maior parte dos grãos ainda é escoada pelas rodovias, uma realidade que está mudando aos poucos com o uso cada vez maior das ferrovias.

Leia a íntegra no Globo Rural
Tags:
Fonte Globo Rural

Nenhum comentário