Fiesc avalia impactos da greve dos caminhoneiros na economia de SC

Publicado em 29/05/2018 15:29
241 exibições

Neste momento é impossível calcular o prejuízo e a perda para o país com a greve dos caminhoneiros que está no nono dia, mas sabe-se que a conta é alta e que as consequências não vão encerrar com o fim da paralisação. A Federação da Indústria e Comércio de Santa Catarina (Fiesc) fez uma avaliação dos impactos a curto e longo prazos na economia do estado em entrevista ao Jornal do Almoço desta terça-feira (29), em Florianópolis.

Para o presidente da Fiesc, Glauco José Corte a situação é muito grave e com perdas irreparáveis. Ele disse que a paralisação tem dois efeitos, um de curto e outro de longo prazo. A curto prazo, Glauco destacou as perdas para o país, que já deixou de exportar mais de US$ 1 bilhão nesses nove dias da greve - sendo US$ 350 milhões de prejuízos para a agroindústria.

Veja a notícia na íntegra no site do G1 SC

Fonte: G1 SC

0 comentário